Buscar
  • Quiquiho Produções

Documentário francês com participação de Geraldo Espíndola

Atualizado: 22 de Mai de 2019

A Ong Apreie embarca Geraldo em uma jornada para descobrir a economia solidária em regiões ribeirinhas do Pantanal até a Bolívia.

O documentário, dirigido por Hugo Dayan, viajou o Brasil e Bolívia, e conta um pouco sobre a população ribeirinha de Mato Grosso do Sul e como a economia solidária se torna uma fonte de renda ou não para essa população. No caminho, o documentário retrata Geraldo compondo uma canção a partir de suas experiências.


sinopse

Um músico e poeta brasileiro, cuja inspiração se alimenta da natureza, da sensibilidade feminina e das esperanças de quem presta atenção ao meio ambiente e aos valores humanos, procura terminar a escrita de uma canção que ele gostaria de apresentar, por ocasião de um concerto para o meio ambiente na capital brasileira do Pantanal, Corumbá, na fronteira com a Bolívia. A criatividade social das culturas populares locais que ele observa no Brasil e na Bolívia ecoa sua imaginação e reforça sua crença de que a sustentabilidade é feminina. Redescobrindo na Bolívia as figuras andinas da união entre terra e mulher, que remontam às culturas indígenas, e vendo a mulher como a mão da terra e a mão do tempo, sua inspiração é liberada: é possível "trabalhar bonito para o novo luar ", significado da palavra" desenvolvimento "em quéchua e título de uma nova canção.


Este foi o itinerário completo da viagem do documentário.


Saiba mais

http://www.film-documentaire.fr/4DACTION/w_fiche_film/53207_1#


https://www.campograndenews.com.br/lado-b/artes-23-08-2011-08/documentario-frances-grava-cenas-no-pantanal-e-tem-cancao-de-geraldo-espindola


© 2019 por POLCA.

fotos da capa: Gabi Dias

quiquihoproducoes@gmail.com       Tel: (67) 99161 1555

  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Black Instagram Icon